Jesus transformou meu caráter...saiba mais...

domingo, 28 de dezembro de 2014

QUAL O CAMINHO CERTO?

Muitos jovens tem se autodestruindo com os recursos passageiros que o mundo tem oferecido para serem felizes. 
Muitos tem buscado de forma errada o caminho certo. Jovens que tentam o suicídio diariamente porque não conseguem encontrar a razão da sua existência.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
Para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós....


Pronto!!!

Quer uma prova mais eficaz para sua existência???????

A pergunta que não quer calar: PORQUE EU NÃO TOMEI POSSE AINDA DA MINHA HERANÇA??

Simples, porque você não tem feito as coisas, certas, como escrevi lá em cima: "buscado de forma errada o caminho certo" acerte seu caminho, faça as coisas certas!!!!
Comece buscando o lugar que te direcionará para este caminho.

FAÇA UMA VISITA AO FORÇA JOVEM UNIVERSAL!!!


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

SOU GRATO! A QUEM MESMO????


Meditando em Êxodo 32, pude ver como o povo abandonou Deus rápido e de como o Profeta Arão feriu a Deus quando diante do povo a pedido do mesmo fez o bezerro de ouro e disse: são estes o Israel, os teus deuses que te tiraram da terra do Egito.
Depois de tudo o que Deus fez pelo povo de Israel, as dez pragas que foram lançadas no Egito para que seu povo fosse liberto, depois de Deus ter constituído Arão como profeta, eles fazerem isso com Deus.
Como você ficaria se você tivesse feito tudo isso por Israel e eles simplesmente apresentar uma outra pessoa e falarem que essa pessoa aqui é que fez tudo por nos e nos livrou, vamos ser grata a ela?
Será que você não tem feito isso nos dias de hoje?

Pensa bem!!

O que Deus fez por ti?  Será que ele nunca fez nada????
Já escapou da morte?
Já ficou curda de uma doença grave???
Ao levantar pela manhã, você ser orgulha em ter dormido muito bem a noite, mas você parou para pensar quem foi que guardou seu sono?
E o ar que você respira, quem o mantém em perfeito estado para que você sobreviva?
E esse lindo dia que você tirou para descansar, curtir, fazer algo que você gosta, quem permitiu esse lindo dia?
E sua saúde? Sua Beleza? Sua força??? Vem da onde?????
Imagine, como Deus não se sente em te proporcionar coisas tão essenciais para sua sobrevivência e ser rejeitado por você.
Você agradece ao seus pais, amigos, professores, namorado, ate seu bichinho de estimação, mas e a Deus O Criador de todas as coisas.......

A única coisa que Deus quer é que honremos Sua Majestade e Soberania como Criador de todas as coisas com nossas vidas. Ser grato, obediente(falarei em outro post, sobre obediência a Deus) e temê-Lo acima de tudo.
Se você ainda não se entregou a esse Amor, veja o que você tem feito com o Dono de tudo que você pensa que é seu.
Aproveite a oportunidade que você tem de honrá-Lo com sua vida e vá domingo a Igreja agradecê-Lo por sua vida.


Já é um grande começo. 

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

EXISTE CURA PARA OS VÍCIOS?????


Lendo Rapidamente este livro, pude perceber como temos agido de uma maneira errônea com relação aos viciados. Sempre o culpamos ou jogamos para cima dele a responsabilidade de vencer. 
O autor, mostra numa visão bem clara de como é um jovem drogado por dentro e como ele pode sair dessa,  e de que maneira podemos ajuda-los.
Indico esse livro não só para quem tem um vício, mas para todos aqueles que se preocupam com os viciados.

" Uma coisa que precisa ficar bem clara é que um jovem médio não está aberto a explicações, esclarecimentos, mas sim a sensações. Seu comportamento é ditado pelos imperativos da juventude."
 Formigoni
PENSE NISSO!!!!!

E LEIA O LIVRO, MUITO BOM!!!!

Onde encontrar?
 Arca Universal R$ 12,90
Ou em qualquer Universal R$ 10,00  

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

GODLLYWOOD


Depois de tanto sofrimento e dor, fui curada e salva pelo nosso Senhor Jesus. Ficaram muitas cicatrizes, feridas que foram saradas mas que estão marcadas para sempre em nossas vidas.

Em meio a tantas deformações da vida que são impostas sobre nós, precisamos aprender como lhe dar e de como remover essas cicatrizes que se tornaram uma barreira para continuarmos seguindo segundo a vontade de Deus. 

Fui em busca dessa cura. Dentro de mim nasceu um desejo enorme de aprender a fazer a vontade de Deus, de me tornar aquilo que Ele sempre quis e de ser uma mulher segundo o Seu coração.

Encontrei o 



Que tem me ensinado como ser essa mulher.
Estou no Rush a 3 meses, e luando para me tornar essa Mulher.

A partir de Hoje estarei compartilhando minhas experiencias em meu blog. 
Se você deseja saber mais sobre  o Godllywood acesse: http://www.godllywood.com/br/

MINHA HISTÓRIA 37° - PARTE - O MAIOR PRAZER DO MUNDO

No meio a tanta afronta, rejeição, fome, isolamento, os obreiros continuavam me acolhendo, cuidando de mim. Fiquei firme e passei a incorporar com a “maldita voz” na rua. Quando ia para meu trabalho, a minha mente parecia que tinha um montão de gente mandando eu bater na pessoas, sair correndo gritando e me jogar debaixo de um carro. Nesses momentos lembrava de Jesus e clamava com todas as minhas forças por Ele, as vezes a confusão na minha cabeça era tanta que nem conseguia lembrar de nada que me levasse a Deus, apenas consegui repetir uma frase: - Deus me ajuda!. Repetia essa frase durante horas, até o momento em que conseguia ter minha cabeça livre de todo o tormento e o ódio que queria explodir dentro do meu peito. As vezes pensava que nunca conseguiria vencer a “maldita voz”...
Consegui parar de fazer tudo que eu fazia de errado, larguei tudo mesmo, mas a “maldita voz” ainda estava dentro de mim.
Resolvi queimar todo o meu passado, todas as peças íntimas que usava nas noites, todos os presentes e lembranças da minha vida de prostituição. Nossa foi tão forte que pude ouvir o pedido de socorro daqueles itens, a “maldita voz” dizia repetidamente que não era para eu fazer isso, mas fui forte e fiz. Me livrei do passado fisicamente.
Depois de seis meses me livre de tudo que fazia, numa dessas madrugadas, acessando a internet me veio um forte desejo de ver fotos pornôs, relutei, mas a “ maldita voz” não parou  e eu terminei cedendo, cai em tentação novamente. Fiquei muito triste, mas logo a “maldita voz” veio com uma maldita ideia: - Você já caiu mesmo, está escrito na bíblia que só em pensar já é pecado, então, porque você não liga para “fulano”, (ela disse o nome da pessoa que era para eu ligar nitidamente), eu prontamente liguei e marcamos para sair no mesmo dia.
Voltei a prostituição novamente......
Só que essa noite foi tudo diferente das outras, não fiquei a vontade, me sentia um peixe fora do aquário... Depois de tudo, fiquei desesperada, trémula, veio uma certeza tão grande que Deus acabará de se afastar de mim novamente, fiquei desesperada...... pensava perdi Deus, perdi Deus, e agora? 
Chorei..... Chorei.... Discretamente porque tinha vergonha do rapaz que estava comigo.

Me veio um revolta que levantei da cama com muita raiva e disse para ele: Olhe bem para mim.  Ele riu, certamente pensou está louca! E eu prossegui, olhe bem para meu rosto, porque você nunca mais vai ver este rosto em sua frente! Era para eu está na igreja agora, por causa de você, estou aqui. Ele ria, somente ria.... a “maldita voz” zombava de minha revolta porque ela tinha conseguido me derrubar novamente.

Esperei o dia amanhecer sentada na cama, com nojo de mim, de tudo, com raiva e ao mesmo tempo com muito medo porque eu sabia que Deus não estava mais comigo. Amanheceu e eu fui embora. Peguei uma carona de moto com ele, e nesse momento veio um filme da minha vida inteira e a certeza que ali era o meu último dia de vida.

A “maldita voz” falou claramente: - Você vai cair dessa moto agora e vai morrer!!! Imediatamente olhei para o céu, na certeza que Deus me deixaria cair porque eu tinha acabado de sair de um motel e estava em pecado. Clamei a Ele, fiz um pedido:- Deixa me viver pelo menos para que eu tenha tempo de me arrepender do que fiz e me concertar com o Senhor. Fechei os olhos esperando cair.....Mas eu não cai! Cheguei inteirinha ao meu destino, feliz por não ter caído, mas desesperada por saber que Deus mesmo me livrando da queda, não estava mais perto de mim porque eu estava suja diante Dele. A única coisa que eu queria naquele momento, era ter Deus perto de mim, faria qualquer coisa para isso.

Corri para igreja, era domingo umas 9 hs da manhã, entrei na Igreja correndo, com a mesma roupa, do jeito que eu tinha acabado de sair do motel, com um semblante caído e com muita vergonha. Encontrei um obreira que carinhosamente me atendeu. Contei tudo para ela e ali decidi me batizar novamente, porque queria recomeçar a minha vida com Deus, porque eu não aceitava está longe Dele. Ela me encaminhou até o pastor, ele me orientou e me batizou. As suas últimas palavras foram: Vai e não peques mais......

Sai daquele batistério repetindo várias vezes, Deus me ajude a caminhar nos seus passos, me ajoelhei no banheiro ainda toda molhada e fiz um voto com Deus de nunca mais me prostituir novamente, que só deitaria novamente com um homem depois que eu me casse.
Daquele dia e diante, segui minha vida, com cautela, obediência luta perseverança e dor, muita dor.
Não praticava mais os pecados de antes, mas todos aqueles desejos, pecados moravam dentro de mim ainda......
Até que num Domingo de sol, acordei as 6 hs, com uma vontade enorme de me prostituir, tudo que eu queria naquela manhã era um homem em cima de mim!
Me vestir para ir a igreja, buscar a Deus daquele jeito, com uma vontade tão grande de me prostituir que eu fiquei com medo de não resistir. Ao mesmo tempo por causa desse desejo oculto, me sentia a pessoa mais podre desse mundo porque eu sabia que Deus estava vendo meus desejos e pensamentos. Participei da reunião, foi o pior culto que eu tinha assistido em minha vida, eu tinha certeza que Deus não me queria e nem sequer ouviria minha voz porque eu era uma pessoa podre, suja, nojenta, era assim que me sentia naquela manhã.
Fui para casa, muito triste, e arrependida de tudo que eu ja tinha feito em minha vida, aquilo tudo morava dentro de mim, mas o que eu mais queria era me ver livre de todos aqueles desejos........

Entrei no meu quarto e liguei o rádio, estava passando o programa o Santo Culto na 96 fm, o Bispo Jadson, pregava e eu sentei no chão em meio a lágrimas e comecei a prestar atenção nas palavras dele que dizia que tem situações que se Deus não intervir não resistiremos, era exatamente assim que me sentia, dizia que se agente realmente quisesse Deus teríamos que pedir a ajuda Dele para nos socorrer e em seguida convidou a ir lá na frente do Altar, quem não aguentava mai a situação que estava vivendo e que estava prestes a cair, prontamente levantei do chão, me imaginei andando pelos corredores da Catedral indo em direção ao Altar do Senhor, me ajoelhei e coloquei meu rosto no chão e falei para Deus: - Sou uma prostituta, vagabunda, cachorra e descarada, mas eu não quero mais ser assim, não presto para nada, mas se o Senhor não fizer nada eu vou voltar a me prostituir e eu não quero mais isso para minha vida. E chorei muito amargamente..... uma das piores dores que já havia sentido em toda a minha vida... a dor da alma aflita.....

De repente, escutei a voz do Bispo Jadson, gritando pelo rádio: - Deus toma de você agora tudo o que você não consegue vencer, ele te limpa agora, te ajuda, te enche........ Nossa aquelas palavras se tornaram vida dentro de mim, a dor que eu estava sentindo, a tristeza, a angustia, o desejo de prostituição, saíram na hora!  E no lugar de tudo isso, fui preenchida com uma paz, uma alegria, uma vontade de sair correndo e pulando de alegria. Foi o que eu fiz! Levantei do chão e perguntei a Deus o que estava acontecendo?
Cadê o meu passado? 
E a doce voz disse: Seu passado agora está do lado de fora de você!

Meu Deus aquele dia, Há Que Dia!!! Embora eu não soubesse o que estava acontecendo esse dia foi o mais lindo para mim.

Abrir a porta do quarto eu vi um céu tão lindo que eu nunca tinha enxergado na minha vida antes, fui limpar  a casa correndo porque eu não via a hora de ir para Igreja novamente, vesti minha blusa de Evangelismo com tanto gosto, que parecia que era a primeira vez.
Desse dia em diante, nunca mais senti o que sentia, vivi o que vivia, fiz o que eu fazia, ou sequer chorei amargamente como antes.

NAQUELE DIA EU NASCI NOVAMENTE, RECEBI O ESPÍRITO DE DEUS VIVO, QUE ME DEU VIDA E JÁ FAZEM 4 ANOS QUE VIVO COM A MESMA VIDA QUE RECEBI NAQUELA MANHÃ DE DOMINGO.

Hoje, tenho 36 anos estou como obreira da Universal, faço parte do Força Jovem e ajudo muitas meninas e meninos a saírem desse mundo podre que vivem.
Engordei novamente, peso 79 quilos agora, sou saudável, feliz e cheia de Deus.
A maldita voz, ficou muda, não fala mais em minha mente. Fiquei livre dela, agora sou nova criatura.
Se você não acredita em Deus, infelizmente não podemos fazer nada por você. Mas se você quer conhecer esse Deus que eu conheci, faça o que eu fiz!

ENTREGUE -SE PARA ELE DE CORPO ALMA E ESPÍRITO, PROCURE UMA UNIVERSAL MAIS PERTO DE VOCÊ.

PEÇA AJUDA!

FIM!!!!! 


ESSA SOU EU HOJE.... CHEIA DE DEUS.....

MINHA HISTÓRIA 36° - PARTE - VENCENDO A MALDITA VOZ

Depois de tudo isso, não foi fácil permanecer em um lugar onde todos que estava a o meu redor odiavam, meus amigos se afastaram de mim, pessoas que se diziam amigas não mais queriam está comigo porque afinal eu estava na Universal, a igreja “polêmica do Edir Macedo”.
Passei a enfrentar a  “maldita voz” de frente, cara a cara, ela começou a me atacar pessoalmente, quando eu tentava fazer qualquer coisa que me ligasse a Deus.
Entrei no grupo de evangelização, o Obreiro responsável pelo grupo nos orientava a lutar pela nossa salvação e pelo encontro com Deus. Comecei a fazer tudo que era ensinado, fazia todos os propósitos, comecei a desejar ardentemente a minha libertação, queria ser livre daquela “maldita voz”.
 A cada propósito sofria afronta da “maldita voz”, nas madrugadas quando me ajoelhava para orar de olhos fechados, ouvia nitidamente alguém pulando na minha frente, quando eu abria os olhos não era ninguém fisicamente falando, tinha muito medo, ficava com medo de orar e terminava orando de olhos abertos. Comecei a ajoelhar nos pés de minha cama, ouvia uma som de alguém passando as unhas na cortina do meu quarto, era horrível....Mas não desisti, continuei orando.... ou melhor tentando orar.
Numas dessas madrugadas de oração alguém deu dois tapas nas minhas costas, nossa!!!!, me mantive firme e forte continuei orando mesmo com muito medo não abria os olhos. Tinha entregado meu filho na mão do pai por conta das dificuldades, então eu tinha certeza que estava sozinha em casa. Isso era o pior, saber que só tinha eu e a maldita voz tentando me parar. Eu tinha muito medo dela. Sofri com dores insuportáveis na coluna, que não me deixavam caminhar para ir a Igreja, mesmo assim, eu estava lá todas as manhãs..... de domingo a domingo.....
Passei a manifestar com a maldita voz nos cultos de libertação. A manifestação era na mente, que controlava meu corpo e meus sentimentos através do intelecto. A maldita voz me fazia sentir, agir e pensar de como ela com relação a aquelas orações de imposição de mãos. Ela tentava me usar para bater nos obreiros, matar o pastor etc.
Todas as Vezes que o pastor chamava quem queria ser livre eu era a primeira a está la na frente, sem medo, sem vergonha, e sem pensar no que as pessoas iriam pensar de mim.
Até que fiquei livre dessa “maldita voz” completamente.

Continua....

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

MINHA HISTÓRIA 35° - PARTE - PAGANDO O PREÇO!

Já se faziam três dias que não comia nada, só bebia água, quando muito abatida fui para igreja. A obreira que ia me tirar da cama nas crises de depressão, já me conhecia veio até a mim perguntou se eu tinha almoçado, eu fiz um gesto com a cabeça dizendo que não, ela perguntou se eu tinha comido alguma coisa, tornei a fazer o mesmo gesto, ela me olhou com um olhar de amor e ao mesmo tempo revolta e saiu correndo mandando-me esperar, fiquei ali sentada chorando e com muita vergonha.
Ela voltou com uma vasilha de comida... eu comi com muita "gula", e ali ela foi perguntando para mim, porque eu não tinha comido e quantos dias eu estava assim, ali eu abri meu coração para ela, contei uma boa parte do que estava sofrendo.
Desse dia em diante minhas refeições ficaram por conta dos Obreiros da Universal, um lugar onde as pessoas dizem horrores, mas foi lá que eu fui socorrida, alimentada e cuidada.
 Ela se organizava entre eles e discretamente ia me alimentando com um largo sorriso, como se estivessem fazendo a melhor coisa desse mundo. Isso me deixava com vergonha, mas eles eram tão hospitaleiros que eu me sentia a vontade.
Em meio a todas as dificuldades, comecei a entender o que se passava comigo, o que tinha dentro de mim, que essa voz na verdade era um demônio que habitava em meu corpo e através dos meus pensamentos controlava toda a minha vida.
Comecei a querer ficar livres deles, mas não era fácil, parecia que eles estavam enraizados dentro de mim, é como se a “maldita voz” fosso dona do meu ser, todo meu coração e de todas as minhas vontades.
Comecei a fazer correntes de libertação, jejuns e oração, assim continuei emagrecendo, ao ponto de ficar com 58 quilos, lembrando que tenho 1,73 de altura!

As pessoas começaram a caçoar de mim, me olhavam com pena, até sugeriram um teste de HIV, ou exames mais profundo para ver se eu não tinha um câncer ou algo que me comia viva por dentro.
A maldita voz começo a falar coisa horríveis, comecei a ter muita vergonha de mim, andava no ônibus de cabeça baixa, fingia não ligar para meu corpo, fingia está muito bem, mas na verdade eu me sentia a pessoa mais feia desse mundo.
Mesmo assim, meu objetivo não mudou, era um só, era ser de Deus, ter Deus e viver só para Deus, e ficar livre da “maldita voz” para sempre.

VOCÊ QUER VENCER????
Vai ter que pagar o preço, infelizmente você nuca vai ser o que você gostaria de ser se você não estiver disposta a pagar o preço.
SACRIFÍCIO É O SINÔNIMO DA VITÓRIA!!

LUTE!!!

O corpo tão amado pela “maldita voz” ela mesmo destruiu com a intenção de eu me arrepender de estar na Universal, porque ela sabia que eu amava meu corpo.
Cheguei na Universal com esse corpo na primeira foto vestida de preto.
Me tornei o que vocês estão vendo depois da foto de vestido preto.

obs: Meus cabelos não caíram, fiz algo que muitas mulheres não teria coragem.... 

e Hoje??????


 CONTINUA..... Saiba mais nos próximos post.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

MINHA HISTÓRIA 34° - PARTE - VIVENDO UM INFERNO PARA VENCER O INFERNO

Encontrei alguém para me empurrar para luz, a “maldita voz” levantou outro obstáculos, meu ex, passou a fazer vigília na minha porta manifestado me ameaçando de morte e de invadir minha casa a qualquer momento. Até que ele consegui entrar um dia. Eu estava sentada na cama lendo a Biblia, sem entender muita coisa. 

Com muito medo dele que me disse que eu não ia ficar nessa Igreja e que ficaria muito doente e que eu nunca iria viver sem ele. Eu estava com muito medo dele, corri para o banheiro me ajoelhei e comecei a pedir a Deus que tirasse ele da minha casa.
Ele começo a bater em minhas costas e quanto mais ele batia mais eu orava.... até que ele gritou mandando eu calar a boca com a mão no ouvido e saiu de dentro da minha casa.

Desse dia em diante comecei a passar fome, muita fome, meu salário parou de sair, e tudo foi se acabando, não tinha a que pedir, minha família tinha ficado contra a minha escolha em ter ido para Universal e se eu fosse pedir ajuda a eles o que eles falariam?
Então falei para Deus: Se o Senhor não me der o que comer eu morro de fome mas não quero a comida do diabo.

Quem estava acostumada a comer file a parmegiana no jantar passou a comer nada... comecei a perder peso, a emagrecer muito ficar doente, muito doente.
Entreguei meu filho ao pai e passei a sentir fortes dores na coluna principalmente quando eu pegava a roupa para ir para igreja, meus ossos estalavam como se estivessem sendo fraturados e eu cai no chão.

 Com muita dificuldade levantava e me vestia e andava 40 minutos para chegar na Universal. Lá recebia oração, Palavra, carinho, alimento e algumas vezes dinheiro para condução, fazia isso diariamente, mesmo me sentindo muito fraca, meu desejo de ser uma mulher de Deus era mais forte do que todas as situações que eu estava enfrentando no momento.

Quando queremos algo na vida, temos que ser forte até alcança-lo, não importa o que você está passando agora, se você quer realmente Deus você não vai desistir nunca!!!

As vezes, eu pensava em desistir, mas quando me via naquela situação, perdida, faminta, doente e cheia de coisas ruim dentro de mim eu só consegui ver uma coisa. 

MILHA LIBERDADE!!! 

PERMANECE FIRME E FORTE NO SEU PROPÓSITO DE ENTREGAR SUA VIDA PARA DEUS!

Continua...

MINHA HISTÓRIA 33° - PARTE - ARRASTADA PELA LUZ

Passei ter crises fortes de depressão, chegava da Igreja e manifestava com a maldita voz, gritando que nunca mais sairia de casa e cima daquela cama, a maioria das vezes isso acontecia sexta-feira, na tentativa frustrada de me impedir de buscar a Deus aos domingos.
Ficava dentro de casa de 3 a 4 dias, sem comer sem beber e sem tomar banho em cima da cama com a casa toda suja, mas a Obreira que se aproximou de mim, que se antecipou em saber onde eu morava antes de eu sumir.

Numa dessas crises a obreira apareceu por volta de 11 horas da manhã de domingo, vestida com um uniforme de blusa branca e uma saia azul, a “maldita voz” falava incisivamente para eu não levantar e nem abrir aporta. Até que algo mais forte me levantou e eu abri a porta a “maldita voz” começou a xingar ela e mandando eu matar ela. A obreira entrou, cozinhou para mim, limpou minha casa, e me obrigou a tomar banho e me levou para igreja. 

Eu fui andando manifestada com a “maldita voz” xingando ela toda e sem conseguir abrir minha boca para nada. Assim acontecia várias vezes, sempre a mesma obreira, sozinha que tinha a metade do meu peso, a metade da minha altura e nunca teve medo de mim e nem do que estava na minha vida. Isso que é força!!!! 

Amo Meu salvador porque capacita aqueles que desejam servir a Deus e o fazer ser forte.

Escrever esses posts para mim, não é fácil, talvez você pense eu não teria coragem de fazer isso, mas se eu não tiver coragem de desmascarar a “maldita voz” como você saberia que, o que você faz e pensa nem sempre é você???
Como você saberia que ainda tem jeito?
A minha força está em CRISTO e o meu objetivo e VOCÊ!
Você não leria este post em vão...


Continua.....

terça-feira, 22 de julho de 2014

MINHA HISTÓRIA 32° - PARTE - ARREPENDIDA E POSSESSA


Resolvi ir para Igreja, cheguei lá umas 10 horas da manhã, com uma maquiagem bem forte no rosto, uma blusa preta de renda muito decotada mostrando as maças do meu seio e com uma calça jeans muito apertada e sensual, com uma salto preto...
 Cheguei no final da reunião.
A obreira veio em minha direção me olhou surpresa porque nunca mais tinha me visto vestida assim. Contei tudo para ela, detalhes de tudo que tinha feito naquela madrugada e também falei para ela o quanto eu tinha me arrependido de tudo o que tinha feito, disse que queria me batizar novamente, ela me encaminhou ao pastor e ele me batizou novamente e me disse: Vá e não peques mais...
Naquele dia eu encontrei algo que fez toda a diferença na minha conversão, encontrei o arrependimento sincero em meu coração, naquele dia, tive nojo de tudo que eu tinha feito, senti-me envergonhada diante de Deus, e tudo que eu queria era me livrar de todos os meus pecados.

Eu me ajoelhei no banheiro, ainda vestida com o roupão de batismo e fiz um voto com Deus de nunca mais voltar a me prostituir, sai dali, livre, mas ainda sim triste...
O rapaz que eu o chamava de noivo, estava viajando e ligou para mim, no mesmo dia,eu comecei a ficar confusa novamente. Ele passou a ir para a porta da igreja me oferecer carona. Ele aparecia no meu trabalho, no caminho de volta pra casa, quando eu estava caminhado na rua, é como se ele estivesse em todos os lugares em que eu estava.
E quando ele falava aparecia eu sentia algo tomar meu corpo e querer tomar minha mente, ficava tonta, confusa, ofegante, e com desejo de entrar no carro dele, eu não sabia mas eu manifestava com a “maldita voz” que tentava me atrair para ele, mas Deus permitia que eu escolhesse e eu escolhia sempre dizer não para ele e sim para Deus. Eu tinha feito um voto, tinha dado a minha palavra que nunca mais deitaria com nenhum homem que não fosse meu esposo.
Venci a prostituição, então a “maldita voz” logo levantou outro inimigo, pior ainda......

Continua....

Quando fazemos uma escolha que favorece a nossa alma, o mal se revolta e trabalha em cima do que mais você gosta, ele começa a cria situações para te fazer voltar ao passado, a lama. Se você não se apegar com Deus você não vai conseguir!!
Não tem como vencer a carne sem o Espírito de Deus, busque ajuda, você vai conseguir vencer!!!


MINHA HISTÓRIA 31° - PARTE - SEDUZIDA PARA O INFERNO

Em uma dessas madrugadas tormentos e pressões da “maldita voz” na frente do computador, voltei a ver pornografias e cai em tentação novamente....
A “maldita voz” fez questão de me lembra de uma passagem bíblica...

Você já pecou, você olhou a foto, desejou que diferença faz agora para você?
O que você fez é a mesma coisa de se prostituir.
Então porque ficar ai morrendo de vontade e não fazer nada? Liga, liga para ele, a imagem do rapaz veio certinha em minha mente..... e foi exatamente o que fiz......

Foi a pior coisa que fiz depois de ter ficado livre a 6 meses.... falei o que queria fazer e o rapaz lógico, prontamente aceitou e me fez ir até onde ele estava a uma hora e meia de distancia... mesmo assim eu fui... fui em busca do que eu mais queria naquele momento, sem perceber eu estava fazendo um sacrifício, arriscando a minha vida para obedecer a “maldita voz” e satisfazer a minha vontade. Era 22 horas quando eu sai de casa.....

As vezes o que Deus quer de nós é uma coisa tão simples, mas conseguimos transformar em uma coisa muito difícil, mas quando se trata das nossas, vontades, do nosso prazer não medimos esforço distancia e nem condição.

Me prostituir novamente, era uma noite de sábado para domingo, nesse dia tudo foi diferente, foi horrível, o home que outrora me fazia sentir prazer, me trouxe angustia, nojo e revolta... um desespero... é como se toda as minhas forças e certezas que eu ia conseguir ser uma nova criatura fosse por água abaixo.... levantei daquela cama, com muita raiva, vesti minha roupa, em lágrimas e ofegante de raiva pelo que eu tinha feito novamente com a minha vida.... não era para eu está ali, foi a pior escolha que fiz depois de saber que tinha um Deus que poderia me ajudar se eu me afastasse do pecado.
Coloquei o dedo na cara dele e gritei:
 - Olha Bem para mim!  Ele olhou assustado; Continuei:
- Nunca mais você vai ver esse rosto de volta, olhe bem porque nunca mais vou deixar a igreja por causa de você e de nenhum homem mai!
Ele levou um susto, mas ficou rindo o tempo todo de minha cara... Isso me deixava com mais raiva ainda... pois eu sabia que era a “maldita voz” comorando o meu retorno.....
Esperei amanhecer e fui embora dali de moto. A “maldita voz” dizia que ia me derrubar daquela moto, e eu ia morrer naquele dia, eu acreditei, achava que Deus não ia me perdoar pelo que fiz, tinha certeza que estava perdida e que morreria naquela manhã de domingo na paralela.

Olhei para o céu na garupa daquela moto e fiz uma oração sincera, pedi para Deus ter misericórdia de mim e me deixasse viver para que eu tivesse uma chance de me concertar com Ele porque eu sabia que iria para o inferno se eu morresse naquela manhã.
Chegeui ao meu destino sam e salva, livre da morte, feliz por não ter morrido mas com uma amargura na alma por ter perdido tudo que eu tinha construído em 6 meses...

Eu não sabia o tamanho da misericórdia de Deus, não sabia que Ele estava comigo e que me ajudaria. Depois que desci da moto a “maldita voz” silenciou, sua tortura e acusação pelo meu pecado, sumiram da minha mente, a única coisa que pairava dentro de mim, era uma profunda tristeza e amargura... eu queria Deus, queria ser uma nova criatura... estava com vergonha de Deus e nojo de mim mesma.. 

continua ......

MINHA HISTÓRIA 30° - PARTE - O PREÇO DA RENÚNCIA

Quando eu desci do carro, a “maldita voz” começou a me lembrar dessa boa vida e a me fazer pensar como eu conseguiria viver sem tudo aquilo que eu estava acostumada?

Fui chorando não somente pela dor de perder uma pessoa que achava que amava, mas por agora está sozinha nesse mundo, eu ainda não tinha conhecido Jesus de verdade, eu apenas sabia que Ele existia, por mais que Ele dissesse que estava comigo, eu não conseguia acreditar, tive muito medo, naquele dia, mas estava decidida a tudo pela minha vida transformada.

Desse dia em diante tudo passou a dar errado, meu salário ficou preso, esse rapaz começo a me perseguir e a me ameaçar de morte, meus familiares todos viraram as costas para mim, ninguém podia me ajudar, ninguém, só Jesus e eu tinha que aprender a confiar Nele.

 Comecei a passar fome, sem dinheiro, sem amigos, sem familiares, esse rapaz aparecia me oferecendo ajuda, agora ele disse que não me tiraria mais da Universal, bastava eu voltar para ele, apenas. Mas eu sabia que se eu voltasse para ele eu nunca conseguiria ser realmente um mulher transformada por completo. Resistir por 6 meses a tentação, fiquei limpa de tudo, ou melhor quase tudo. Os desejos ainda moravam dento de mim, eu não tinha conseguido me libertar deles ainda e consequentemente da “maldita voz” que me empurrava diariamente para a minha velha e desordenada.

Eu queria mais do que tudo ser diferente, mas o que estava dentro de mim, era mais forte, a força maior era a da “maldita voz” porque eu ainda não tinha aprendido a vencê-la.....
A cada dia era um tormento, a vontade de me relacionar sexualmente me atormentava, era um desejo muito forte, me sentia como uma drogada em abstinência que só conseguia saciar aquelas sensações com o uso da droga.

Passava noites em claro, lutando contra a “maldita voz” que todas as noites tentava me possuir como ela fazia de costume, mas eu resistia, não deixava, mas ela ainda morava dentro do meu coração, eu precisava me livrar dela, eu não mais a obedecia como antes, mas ainda ela estava via dentro de mim... lutando para que eu voltasse a ser sua escrava... eu já não estava mais aguentando.....

Talvez voe esteja vivendo assim, largou o vício, mas ele ainda mora dentro de você, já não sabe mais o que fazer.... você esteja desesperado....

Busque ajuda, agora! Antes que seja tarde demais .... 


Continua.......


MINHA HISTÓRIA 29° - PARTE - A ESCOLHA

 Fiquei confusa, sem saber o que fazer, queria Deus, queria sentar à mesa com Jesus, queira o Espírito Santo, mas como poderia me livrar do pecado?
Continuei indo para Universal como sempre ele foi me buscar. Nesse dia ele estava com muito ódio, permaneceu calado o tempo todo, estava de uma forma que eu nunca vi, fiquei observando ele até que ele começou a dar murros no volante e a gritar que ia me perder, que não queria me perder, mas que estava me perdendo, tudo por causa dessa igreja.
Eu sem saber que era a “maldita voz” quem lutava por mim, beijei ele e disse que não ia me perder. Ele freou o carro bruscamente e gritou: Ou eu ou a Universal?
Calei-me por alguns segundos, refletir por um tempo e ele gritando desesperadamente dizia: vá para qualquer igreja que eu vou contigo, menos a Universal, citou ate nomes de algumas que não vem ao caso agora. E um filme da minha vida passou naquele momento, as noites de insônia que eu tinha vencido, a tristeza profunda que não morava mais dentro de mim, e a fidelidade que eu nunca consegui ter eu já tinha, tinha 4 meses que eu não o traia. Pensei bem, estava com ele a alguns anos e ele nunca tinha me mudado ou me ensinado nada que trouxesse resposta para todo o meu sofrimento. Mas na Universal eu estava a 4 meses eu tinha aprendido o caminho, Jesus Cristo e a fé vencedora que me ajudou a vencer a insônia, o adultério, então, é Lógico que eu fico com Jesus que conheci na Universal!!!!
Então gritei: NEM COM VOCÊ E NEM COM A UNIVERSAL!
EU FICO COM JESUS!!!

Sai do carro e fui embora decidida!
Eu não sabia que os piores momentos da minha vida começariam ali, pior do que a insonia, do que o adultério.
Esse rapaz me proporcionou tudo o que eu nunca tive, com ele eu tinha tudo o que queria, ele era educado, respeitador, não deixava faltar nada para mim.
Comia onde eu queria, o que queria, vestia as melhores roupas, ele não deixava faltar nada na minha geladeira.
 Dizer não para ele era dizer não para a Vida confortável que eu tinha.

Tem pessoas que querem entregar-se verdadeiramente para Jesus, mas sempre fica pensado o que ela tem que perder para isso. Entenda, sem renuncia não há entrega, sem sacrifício, não há vitorias!
Quem ama Sacrifica!!!!!

Não foi fácil, abrir mão de tudo que eu mais gostava para viver uma vida na dependências de uma pessoa que eu tinha ouvido falar, que para tê-Lo primeiramente, tinha que perder, depois que eu perdesse eu O teria como meu Pai verdadeiramente.
Com Deus é assim, primeiro você tem que se dar por inteiro, largando suas vontades e desejos de corpo alma e espírito, e depois Ele se apresenta para ti, consolando-o, preenchendo e tirando de dentro de você o que pensava que nunca conseguiria ser livre.
Ele te preenche om tanto amor que você se torna uma pessoa incapaz de desejar qualquer coisa ruim para seu pior inimigo! 

Esse amor é tão glorioso, grandioso que você esquece de todas as dores que carregava em seu peito! Apenas tenho lembranças de minhas dores. As relato, nessa série de post, mas elas não estão mais dentro de mim, perdoei e perdou sempre que for necessário, me sinto livre e leve como uma criança....

Reveja, se vale a pena sofrer tanto só para ter uma coisa que você gosta!

Se isso que você tem tanto medo de perder fosse a sua verdadeira felicidade, você não era triste, confusa e vazia. Você estava totalmente preenchida!
PESE NISSO!!!


Entre nesse site http://www.universal.org/sos e converse com um pastor que está online no privado para responder todas as suas dúvidas e lhe ajudar a entender a verdadeira renuncia.

Continua..... Estamos nos últimos posts.... acompanhe 

Aracele, Ná fé e na certeza de que fiz um boa escolha......

segunda-feira, 2 de junho de 2014

SÓ PARA QUEM QUER SER DIFERENTE!!

Você pode mudar seu penteado, a cor do seu cabelo, o corte, até a cor de sua pele, mas tem uma coisa que jamais vai poder mudar.......SEU INTERIOR.....

Apenas uma pessoa pode fazer isso mas, com sua inteira permissão!

Não basta apenas querer muar, tem que buscar essa mudança!!!

Investir nela, e lutar para que ela se torne realidade.
AGORA É A SUA VEZ

VOCÊ AINDA TEM JEITO!!!!
10 de junho e 19 de julho
PROCURE A UNIVERSAL MAIS PERTO DE VOCÊ!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

MINHA HISTÓRIA 28° - PARTE - EM BUSCA DE UMA NOVA VIDA

Comecei a frequentar a Universal escondido dos meus amigos e do meu noivo por algumas semanas. Mas continuava a velha vida, me relacionando com 3 homens simultaneamente... me vestindo do mesmo jeito, mas dentro de mim gritava por mudança, comecei a ficar com a consciência pesada e me sentia cobrada para abandonar tudo o que eu vivia de errado.

Ouvi uma Palavra que fala de largar o pecado. Prontamente, quando acabou a reunião liguei para os dois amantes na porta da igreja mesmo e terminei, um deles, eu me relacionava já a 7 anos, ele riu e disse que pagaria para ver se eu conseguiria ficar longe dele por muito tempo. Confesso que nem eu sabia como eu ia conseguir isso, afinal a paixão que tínhamos um pelo outro superou até mesmo a distancia e o tempo. Era algo diabólico mesmo, uma paixão avassaladora.... Mas como eu estava em busca de mudanças, queria ser normal, queria esse verdadeiro amor e felicidade que o pastor falou, estava disposta apagar o preço.

Fui para casa e falei que queria casar com meu noivo, ele aceitou. Continuei indo escondido dele, porque eu sabia que ele odiava a Universal.
Passaram-se quatro meses, eu não tinha mais insônia, não traia mais ele, e estava me sentindo bem melhor. Ele estava bem desconfiado de que eu estava indo para algum lugar escondido dele e começou a me ligar no horário em que eu estava na reunião, eu ficava nervosa, começava a tremer e não consegui me concentrar no que o pastor falava. Ele insistia tanto que eu o atendia, ele ficava insistindo para eu dizer onde eu tava, eu mentia, enrolava porque eu tinha muito medo da reação dele., dizia que estava próximo que já estava chegando e ele dizia que vinha ao meu encontro com medo de ele me pegar dentro da Universal eu saia correndo de dentro da igreja e ele me pegava no caminho com muita raiva ele queria saber onde eu tava e eu mentia.

Até quando não deu mais jeito eu tive que falar. Ele ficou com tanto ódio e disse que não me queria nessa igreja de forma nenhuma. Mas eu insisti, dizendo que continuaria indo, e continuei. Ele várias vezes invadiu a igreja e me puxava pelo braço, eu me sentia muito envergonhada, mas o desejo de mudar era maior que a vergonha que ele me fazia passar e eu continuava indo.

Tinha muita dificuldade de me concentrar nas reuniões, quase nunca consegui ouvir o que o pastor falava, sempre na minha cabeça tinha vozes e a “maldita voz” me fazia pensar em um montão de coisas que não tinha nada a ver, inclusive, era ela que usava meu ex noivo para ligar para mim e me persegui quando eu estava nas reuniões.
Eu ia aos domingos pela manhã e ele ia me buscar com muito ódio e me levava para a praia.

Teve uma mini vigília para quem queria ser de Deus e eu fui, era das 7 as 22. Eu estava buscando o Espírito Santo, quando ele entrou na igreja me deu dois tapa no braço e saiu me arrastando com ancia de vomito e muito nojo, gritando que odiava aquele lugar, que tinha muito nojo dali. Ele me jogou dentro do carro com violência e segui para um barzinho, eu não aceitei ir, chorei muito pedindo para ir para casa, tinha deixado meu filho dormindo sozinho em casa para participar dessa mini vigília.
Ele abriu a porta do carro e mandou eu ir andando se eu quisesse ir para casa, foi horrível, muito humilhante, chorei muito nesse dia, fui para casa chorando e ele foi para o bar.
Eu não entendia muito as coisas, eu achava que ele estava com ciúmes, mais nunca imaginaria que era os comparsas da “maldita voz” lutando junto com ela pela minha vida.
Comecei a manifestar com a “maldita voz”, que mandava eu matar o pastor e bater nos obreiros. Chegava muito cedo nas reuniões e ali sentada com a “maldita voz” atormentando minha mente, sentia muito ódio, sem explicação, vontade de matar todos que passassem pela minha frete, queria ver o sangue daquele pastor derramado no chão, eu chegava a ver o seu corpo todo estraçalhado e muito sangue ao redor. A “maldita voz” sempre mandava eu levantar e pegar o banco onde eu estava sentada e jogar na cabeça dele, graças a Deus a maldita voz não consegui me convencer. Numa oração de libertação a “maldita voz” mandou eu agarrar o obreiro para seduzi-lo, mas não aceitei, lembro-me que o obreiro lutava contra a “maldita voz” e eu lutava contra as ordens dela, foi um inferno nesse dia, pensei que eu não ia vencer nunca aquela situação!

A cada ida minha a Universal era um desafio... Uma luta.... Ou melhor uma guerra.
Mesmo assim continuei indo e passei a ter um desejo enorme de participar da Santa Ceia mas não podia porque eu ainda me relacionava intimamente com ele e não era casada e não era liberta. Então fui até ele e falei que tinha que casar e que só depois que cassássemos dormiríamos juntos novamente, ele disse que nunca abriria mão do meu corpo, tudo menos isso!!!!

Me batizei nas águas assim mesmo contra a vontade dele, a Obreira que me atendeu ela tinha uma paz, um semblante lindo, e a Doce voz dizia, é isso que eu quero te dar.
Naquele momento eu nem ouvi direito o que ela falava apenas via o brilho dos seus olhos e a paz que ela passava. Desci as águas, mas o inferno veio com mais força e sofri o que nunca pensei que sofreria........ e o pior de tudo que minha descida as águas não teve validade diante de Deus, foi apenas um banho que tomei no batistério........ 

SAIBA PORQUE NO PRÓXIMO POST

Talvez você seja batizado nas águas, mas a sua vida seja a mesma, você continua vivendo a vida velha, bom para lhe adiantar, posso afirmar que quando você desceu as águas, você não abriu mão de tudo, você guardou algo contigo que Deus pediu para largar......  


Continua......

terça-feira, 8 de abril de 2014

MINHA HISTÓRIA 27º PARTE - ENFRENTANDO MEUS ERROS

 Voltei no outro dia mais decidida ainda!
Cheguei mais cedo na certeza que se eu abrisse meu coração para aquele pastor ele ia me ajudar.
Sentada aguardando o atendimento a “maldita voz” tentou dar sua última cartada para que eu desistisse de abrir meu coração. Estava vestida com uma saia bem curta e uma blusa muito sensual, a “maldita voz” disse que ele não falaria comigo por causa da minha roupa que era para eu desistir, mas continuei ali sentada, aguardando ...  Estava nervosa, meu corpo todo estava tremulo e minha cabeça parecia que tinha uma multidão falando ao mesmo tempo. Mas eu queria ajuda, não agüentava mais aquela vida! Permaneci ali, por alguns segundos até que o pastor me chamou.
A “maldita voz” começou a confundir mais ainda a minha mente dizendo o que era para eu falar... dizia que era para falar apenas o que ela mandasse.... ela repetia várias coisas em minha cabeça.... dizia que era para eu seduzi-lo...  agir discretamente mas sensual... que ele iria ser grosseiro comigo porque eu era uma vagabunda.... como ele me trataria bem se eu não prestava... quem me daria ouvidos.... quem acreditaria em mim se eu era mentirosa?

Mesmo assim sentei naquela cadeira morta de vergonha pelo o que eu era. Quando levantei meu rosto, vi aquele homem pequeno de estatura, com um largo sorriso nos lábios e com olhos brilhantes... Fiquei tão feliz... A minha cabeça na hora parou, a “maldita voz” se calou por alguns minutos em anos... Ele perguntou como eu tava... alguém se preocupava comigo mesmo eu sendo o que eu era e estando vestida daquele jeito, ele demonstrou carinho em suas palavras. 
Comecei a falar tudo o que eu era, tudo o que eu fazia, sem medo de represálias com muita vergonha, achei que ele ia me repreender severamente e ficar com muita raiva de mim. Ele sorriu mais uma vez, eu levei um susto! Pensei: Ele não tá com raiva de mim? Mesmo sabendo o que eu faço? Naquele momento me sentir amada por estranhos, valorizada como nunca fui.
Ele me perguntou, você quer mudar minha filha? Nossa, ele falou carinhosamente com uma adultera, e ainda me chamou de minha filha?
Respondi com muita vergonha mas sinceramente, quero!!!
Ele me orientou a participar das reuniões de libertação e buscar a Deus acima de todas as coisas, ele disse que eu nunca mais ficaria sem dormi a noite e que um dia eu descobriria que nunca amei ninguém e saberia o que era o verdadeiro amor.
Sai dali, cheia de sonhos perspectivas de vida, alegria e via uma chance de encontrar a Aracele que estava perdida no meio das podridões vivida em toda a minha vida.
Eu não sabia, mas a parte mais difícil de minha vida, mesmo eu tendo sofrido e vivido tudo que você leu até agora viria depois desse dia!

Continua.....

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

MINHA HISTÓRIA 26º PARTE - EM BUSCA DE UM RECOMEÇO

Numa desses final de tarde de angustia e dores, caminhando sem destino resolvi entrar em uma igreja. Sentei na quinta fileira e ali tinha umas pessoas cantando um hino e um rapaz tocando um teclado dando a melodia para esse hino, não me lembro dos detalhes, é como se eu chegasse ali e ficasse surda e cega e sem forças.
Entrei muito triste achando que não tinha mais jeito para minha vida, que eu morreria podre daquele jeito. Comecei a chorar muito não consegui ver nada e nem ouvir com nitidez o que era cantado ou falado. Nesse dia não consegui ver a face do pastor e tão pouco o que ele falava. Fui embora mas dentro de mim, tinha um doce Voz que me dizia, AQUI VOCÊ TEM VALOR!!!
Sai dali triste, mas com uma luizinha bem fraquinha que me dizia AQUI VOCÊ TEM VALOR!
Não conseguia entender a razão dessas palavras, porque somente ali eu teria valor se o mundo não me valorizava?
Não conseguir esquecer mais aquela noite..., aquela Voz..., aquela paz..., aquela frase... AQUI VOCÊ TEM VALOR!!!  Resolvi voltar lá, afinal era o único lugar que me senti pela primeira vez valorizada.

Voltei lá algumas vezes e se repetia o mesmo processo, não consegui olhar par ao pastor e nem escutar o que ele falava com nitidez, apenas enxergava o tecladista e chorava muito...., era a única direção que minha cabeça e meus olhos ficavam. A cada ida, me sentia mais forte, mais querida embora eu não tivesse forças para fazer nada, apenas sentava, e tentava ouvir e entender o que era falado e ensinado... Mesmo com tantas dificuldade algo ali me fazia me sentir acolhida e especial, passei a ir todos os dias escondido do meu noivo e do meus amigos. Ele passou a me perguntar onde eu estava todas as vezes que eu vinha de lá, eu sempre mentia porque tinha vergonha de dizer que estava indo na Universal, afinal ninguém falava bem daquele lugar, todos os meus amigos e falavam mal e criticava os que frequentavam.

Em uma dessas noites, creio eu, que foi em uma quarta feira, tive um desejo tão grande de nunca mais sair dali, queria muito viver naquele lugar para sempre.... Foi quando eu conseguir ouvir uma voz dizendo: Fiquem de pé! Eu tive força para levantar e olhar para o pastor... ele mandou colocar a mão no coração e eu coloquei, e ele começou a cantar uma musica... Preciso de Ti 

Eu fui escutando cada palavra daquela música e uma força foi me enchendo e o meu desejo de querer está ali para sempre foi aumentando e eu comecei a chorar e de repente eu já estava gritando a letra da musica, eu não cantei, eu gritei literalmente, em meio a lágrimas esqueci que estava rodeada de pessoa e que minha voz sobresaia as outras.


Gritando com toda a minha força e entendimento, eu queria permanecer naquele lugar até o fim, mas precisava de ajuda... Chorava, gritava...ajuda-me Senhor....
Quando acabou a música, abri meus olhos e a “maldita voz” disse: que vergonha você gritando, agora todos estão olhando para sua cara, que mico. Fiquei morrendo de vergonha, algumas pessoas começara a me olhar realmente... 
Fui embora dali envergonhada....
Mas algo aconteceu dentro de mim. 

Continua..... NÃO DEIXE DE ACOMPANHAR OS POSTS FINAIS, É MAIS IMPORTANTE DO QUE TODOS OS QUE VOCÊ JÁ LEU!

Aracele, na fé na certeza que um dia você vai encontrar a força que encontrei para recomeçar a minha vida depois de 28 anos servindo a "maldita voz"...

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

MINHA HISTÓRIA 24º PARTE - VISITADA PELA MORTE

Olá, em meio as responsabilidades do meu dia a dia, venho publicando meus posts, terminei publicando o 25 no lugar do 24, então para você não ficar de fora de detalhes que eu as considero como importantes de se dividir para que a mascara da "maldita voz" venha cair, heis ai o post que pulei .....abraços....

Comecei a sentir muitas dores em meu corpo, estava perdendo peso, e me sentia muito fraca. Me sentia assim muitas vezes, essas crises duravam em média 3 dias a uma semana. Só que dessa vez, demorou mais, e ali em cima daquela cama sem comer e sem levantar para nada. Só tomava um pouco de nescau quando meu filho de quatro anos na época fazia  porque era a única coisa que ele sabia fazer.
O pai dele aprecia pegava ele pela manhã e só devolvia a noite, assim vivi por mais de uma semana, jogada na cama...... 
Resolvi levantar para ir ao banheiro, comecei a ter uma hemorragia, sai deixando um rastro de sangue até o banheiro... ao me olhar no espelho, a "maldita voz" fez questão que eu olhasse o estado que me encontrava... Quando eu vi aquele rosto, sujo, cabelos assanhados, olhos fundo e abatidos, manchados com as lágrimas, pude ver o quanto eu estava mal.... vi minhas gengivas sangrando, o sangue começou a escorrer pelos dentes.... tive muito medo....e entrei em desespero....me joguei no chão, e a última imagem que ficou na minha mente foi aquele rosto.....a "maldita voz" começou a falar: "olha como você vai morrer, sozinha, doente, sem ninguém para te socorrer...."  no desespero, em busca de uma saída lembrei de Deus, a "maldita voz'' disse que agora eu não escaparia que eu iria morrer! Pedi a Deus que me curasse, me livrasse da morte naquele momento com todas as minhas forças.
Sai dali me arrastando na certeza de que minhas orações não passara do teto! Me deitei e  adormeci......quando eu acordei no outro dia, me sentia tão bem que nem parecia que tinha visto a morte mais uma vez em minha vida. Levantei com disposição, só me dei conta do que estava acontecendo quando vi o rastro de sangue que tinha deixado pela casa. 
Limpei aquele sangue seco e me perguntando porque essas coisas aconteciam comigo e porque eu não tinha morrido...  Como Deus poderia salvar uma pessoa tão pecadora como eu.....
Mais uma vez, esqueci que fui salva pela misericórdia e voltei para a vida de farra e curtição. 
Comecei a sair pelas madrugadas deixando meu filho dormindo sozinho para vigiar o pai dele, e em seguida comecei a fazer isso para me prostituir. Não demorou para eu entrar em mais uma cilada da "maldita voz".
Engravidei e fiz o aborto em casa, sofri muito, fiquei sangrando por vários dias, já passavam de 30 dias após o aborto e eu sangrava como nunca. Onde eu chegava era envergonhada pela quantidade de sangue que de repente escorriam pelas minhas pernas....
Numa noite de muito sangue e dor, percebi que eu estava morrendo fisicamente, sabia que eu talvez não visse mais a luz do sol. Lembrei de Deus falei com ele sinceramente pedi socorro porque eu tinha medo de morrer tinha medo de deixar meu filho pequeno sem mãe e o pior, não queria ir para o inferno, pois eu já sabia da existência dele, mesmo almejando a minha morte, eu tinha medo do que eu ia viver depois que a encontrasse. Após aquela oração de desespero expeli um bolo do tamanho de uma laranja preto de dentro de mim na mesma hora, saiu com tanta força que parecia que alguém tinha empurrando aquele bolo com muita raiva. Chorei muito... agradecendo a Deus..... e com medo de ver aquela coisa horrível em minha frente....e a hemorragia cessou no mesmo momento. 
Ali pude ver a misericórdia de Deus me curando mesmo eu sendo uma prostituta assassina.

Mas isso não foi suficiente para eu me entregar para ele. Continuei a minha vida de farras e muita curtição.

Você que tem vontade de morrer e tem buscado a morte. Sempre tive essa vontade também, mas quando me via de frente com ela sem ter como desviar, entrava em desespero, queria sair daquela condição porque sabia para onde ia minha alma. Sempre achei que se eu morresse as pessoas ficariam com pena de mim, e todos sofreriam. Achava que meu ex marido sofreria muito com minha morte e me vingaria dele fazendo ele chorar.
Talvez é assim que você pense!
Agora pense comigo: Se você morrer agora para onde vai sua alma? ok!!
Agora o que te faz pensar que a morte trará conforto, consolo, alívio e condolências para você?

O único interessa em sua morte é o diabo, é ele que te faz pensar assim!
Ele sabe que a chave da vida e da morte está com Jesus que respeita o Livre Arbítrio, o direito de você escolher par onde vai sua alma. E se você se suicidar vai te levar diretinho para mãos dele.

Esse medo de morrer quando se está de frente com a morte, mesmo você desejando ela ardentemente, é a última tentativa do Espírito Santo para que você escapa e tenha a oportunidade de encontrar A Vida!

NÃO DEIXE VOZES DO INFERNO DETERMINAR SEU FUTURO ESPIRITUAL, BUSQUE AJUDA HOJE MESMO!!!! 

CONTINUA.....